Close

agosto 22, 2019

Mitos e verdades sobre o que tira o fio da faca

Mitos sobre as facas de corte

Para quem cozinha, uma boa faca é essencial. Existem diversos tipos, com características únicas para cortar carnes, frios, legumes, verduras, entre outros. Para manter o bom desempenho, alguns cuidados são fundamentais, como manter as facas sempre limpas, afiadas, por meio da chaira e guardadas separadamente dos outros utensílios de cozinha.

São muitas as dúvidas do que tira o fio da faca. Separamos os mitos e verdades mais comuns.

É mito, por exemplo, que lavar as facas em água quente, cortar cebola e legumes tiram o fio das facas.

Por outro lado, usar uma faca sobre superfícies mais duras que o aço como pratos de porcelana e vidros é que estragam o fio da faca. Portanto, as tábuas de vidro, comumente utilizadas na cozinha podem danificar suas facas. O correto seria utilizar tábuas de madeira ou policarbonato.

Materiais abrasivos, como o lado verde da esponja, danificam o fio da faca. Assim, como a afiação incorreta. Por isso, é importante o ângulo para a afiação e a agilidade nos movimentos.

Para cortar ossos sem danificar o fio, é importante utilizar a faca especial para esse corte, o cutelo. E ao tirar a carne do espeto de churrasco, ter cuidado para cortar o alimento e não o espeto.

Ao guardar as facas, fique atento: se a faca tiver que dividir espaço, o ideal é que esteja pelo menos embainhada no mesmo recipiente em que veio. Isso protegerá o fio contra as batidas e colisões.

Atenção

As facas de bom aço, seja carbono ou inox, têm a retenção do fio ditada pelo teor de carbono do aço, pela têmpera, revestimento do aço e pelo próprio uso. Quanto mais temperada, mais dura ela será e por consequência melhor será o seu fio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *